Saúde na empresa: a importância de preservar a saúde dos funcionários



A saúde dos colaboradores impacta diretamente na motivação e no lucro da empresa. O comprometimento com a saúde do trabalhador e a prevenção de riscos gera um círculo virtuoso de respostas positivas para a empresa, uma vez que saúde está intimamente ligada ao orgulho de pertencer a uma organização. Por isso, cada vez mais ela tem sido tratada como diferencial estratégico e ganhando a atenção dos empresários.


Quando os empregadores investem em seus funcionários, demonstrando preocupação e cuidado com sua saúde e qualidade de vida, estes passam a se sentir satisfeitos, seguros, e a confiar mais na empresa onde trabalham. Afinal, eles perceberão que a empresa os valoriza como pessoas e não apenas como uma força de trabalho.


É certo que nenhum profissional se agrada em ser enxergado como uma máquina, que quando der problema será dispensada e esquecida. Por isso, cuidar da saúde dos colaboradores é uma forma das organizações dizerem a eles que deseja que eles se sintam bem e cresçam com a empresa, como profissionais e como pessoas.


De que forma a empresa pode cuidar da saúde de seus funcionários?
A promoção e prevenção da saúde atua na qualidade de vida dos funcionários com ações simples como o desenvolvimento de programas para alimentação saudável, exercícios físicos regulares, prevenção de hipertensão, diabetes e obesidade, programas de saúde mental, alívio do estresse e cansaço etc. Com essas ações, é possível educar o empregado para buscar sempre uma qualidade de vida. É muito importante que a empresa se preocupe com a saúde do funcionário dentro e também fora do ambiente de trabalho. O acompanhamento periódico do estado de saúde do quadro de funcionários de uma empresa permite a identificação e antecipação de problemas de saúde.


Dessa forma é possível realizar o devido tratamento, evitando que o problema se agrave. Consequentemente aumenta a qualidade de vida e a produtividade desses funcionários, enquanto diminui significativamente a taxa de absenteísmo e afastamento médico. Ter um plano de saúde pode ser uma excelente alternativa para já oferecer para o seu colaborador o cuidado que ele merece. 


Há uma preocupação muito grande também em torno da obesidade. Para as empresas, a obesidade também implica de forma negativa na produtividade de seus colaboradores. Como alternativa, as empresas podem investir em palestras sobre os problemas causadores da obesidade e fomentar a reeducação alimentar, podendo começar pela substituição do cardápio da empresa por uma alternativa mais saudável com acompanhamento de um nutricionista. Apesar de não parecer ter muito a ver com o assunto, cuidar do clima organizacional também pode ser uma boa opção para a saúde dos colaboradores.

Trabalhar num local onde o clima não é agradável, com relações de trabalho ruins, pode causar algum tipo de doença nos funcionários. Busque fazer uma pesquisa sobre o que os seus colaboradores mais gostariam de obter informações em temas relacionados à saúde e procure fazer um levantamento sobre os hábitos e estilo de vida deles (se são sedentários, tabagistas, hipertensos, diabéticos etc), sem, é claro, ser invasivo.


Mas é importante rever alguns temas como alimentação saudável, hipertensão, fazer uma campanha antitabagismo, começar a praticar alongamentos e incentivar a pratica de atividades físicas.





Nenhum comentário